Dicas

Como limpar o colchão da maneira ideal 

Um colchão é um investimento sério. Afinal, ele irá acompanhar suas horas de sono por anos. Então, você quer garantir que ele dure, certo? A questão é que isso significa que você irá precisar aprender a limpar seu colchão. E ele requer ser limpo regularmente – principalmente se você sofre de alergias, tem animais de estimação ou é apenas um adepto de lanches da meia-noite. Até porque o colchão pode abrigar ácaros, pele morta (parte do processo natural de troca do nosso corpo), sujeira e muitos outros detritos. 

Aí, você se depara com um dilema: como limpar profundamente seu colchão sem estragá-lo? Não é tão simples como enfiar o item na máquina de lavar roupas. E você tem que cuidar disso sozinho, o que parece intimidador. A boa notícia é que limpar um colchão é muito mais fácil do que você imagina. Continue lendo para descobrir alguns passos simples que ajudarão você a manter seu colchão limpo e pronto para anos de cochilos. 

QUANDO LIMPAR? | Certos sinais podem servir de alerta sobre a necessidade de limpeza. São eles: 

– Você não limpa o colchão há alguns meses: o item precisa ser limpo a cada poucos meses para mantê-lo como novo. 

– Você está alérgico ao dormir: o acúmulo de poeira pode agravar alergias e causar sofrimento à noite. Se você sentir sintomas de alergia com mais frequência quando está na cama ou ao acordar, provavelmente é hora de limpar o pó.

– Você notou mordidas estranhas na sua pele: infestações por percevejos nem sempre são óbvias, especialmente nos estágios iniciais. Mas, você pode procurar por sinais, o que inclui ver os insetos, perceber manchas microscópicas de sangue ou manchas de insetos ou mordidas incomuns em seu corpo. 

– Colchão está com odor: o item pode cheirar desde poeira, fluidos corporais até mofo. Contudo, os odores no seu colchão podem ser fortes e perturbadores para dormir e, até mesmo, apontar como sinal de um problema maior que você precisa resolver. 

– Colchão com manchas óbvias: se as manchas no item são um mistério ou você conhece a origem, é melhor lidar com elas assim que você souber de suas existências.

COMO MANTER SEU COLCHÃO LIMPO | Mesmo que seu colchão não tenha manchas, odores ou outras preocupações, limpe-o a cada poucos meses para mantê-lo como novo e evitar acúmulo de poeira, sujeira e bactérias. Também é importante proteger adequadamente seu colchão contra derramamentos e manchas.

– Troque os lençóis: mergulhe os itens em água quente a cada uma a duas semanas. Troque os lençóis com mais frequência se estiver doente, notar uma mancha ou estiver suado durante o período noturno. 

– Aspire seu colchão: pegue o aspirador de pó e limpe a poeira e a sujeira a cada poucos meses. Aproveite para fazer isso enquanto você tira os lençóis para limpeza. Use o aspirador para limpar a parte superior e inferior, bem como as laterais do colchão. Você precisará pressionar com firmeza para alcançar a sujeira abaixo da superfície. Limpe até as fendas. 

– Limpe imediatamente derramamentos, manchas e odores: evite deixar manchas ou odores no seu colchão. Pulverize rapidamente as manchas e desinfete os odores assim que percebê-los. 

– Adicione bicarbonato de sódio: o bicarbonato de sódio pode absorver odores e dar uma purificada no colchão. Polvilhe uma camada leve por cima, deixe descansar por alguns minutos e depois aspire antes de fazer sua cama. 

– Areje o colchão: o ar fresco e a luz do sol são ótimos para eliminar odores e branquear as manchas. Aguarde um dia com céu limpo e encontre um local onde possa colocar o colchão no ar livre por algumas horas. Mesmo que você não consiga colocar o item do lado de fora da casa, basta colocá-lo em pé perto de uma janela ensolarada e aberta para ajudar a arejá-lo um pouco. 

– Não arrume sua cama imediatamente: você pode arejar seu colchão todos os dias, simplesmente deixando sua cama desfeita por trinta minutos ou mais pela manhã. Enquanto você está se preparando para o dia, puxe as cobertas e deixe a umidade e os odores escaparem antes de arrumar sua cama. 

– Evite transpiração excessiva na cama: todos suam enquanto dormem – é fato –, mas se você acorda encharcado a maioria das noites pode ser um problema para o seu colchão, pois incentiva o crescimento de mofo e bolor. Tente não tornar o suor na cama em um hábito regular. Vista roupas diferentes para dormir e obtenha um edredom ou lençóis mais leves.

– Evite refeições na cama: além de sujar o colchão, migalhas de comida na cama podem atrair insetos, como formigas e baratas. 

– Use uma capa protetora de colchão: as capas de colchão sempre valem a pena. É muito mais fácil jogar ela na lavadora do que tentar remover uma mancha ou cheiro do colchão. Procure uma capa protetora impermeável que ofereça proteção contra derramamentos, odores e bactérias. 

LIMPEZA DE MANCHAS, ODORES E INSETOS | Mais do que manter o frescor no colchão, você pode precisar dar um passo adiante se tiver manchas, odores ou até insetos. Confira abaixo algumas ações. 

– Como remover percevejos: ninguém quer pensar em insetos na cama, mas a realidade é que eles podem surgir mesmo se você praticar uma boa higiene com o colchão. Infelizmente, só é preciso uma viagem para alguns percevejos peguem carona em sua bagagem e acabem na sua casa. Mas, a boa notícia é que você pode tratar a maioria das infestações. 

Primeiro, jogue tudo na lavanderia. Os percevejos não atacam sua cama. Eles ficam em roupas de cama, cobertores, travesseiros, bichos de pelúcia, cortinas e, até mesmo, suas roupas. Coloque tudo que é lavável na máquina de lavar e aposte na água quente. Enquanto isso, avalie seu telefone, notebook, relógio, livros e itens pessoais. Insetos também se prendem a superfícies duras. Invista na limpeza adequada desses itens.

Procure o maior número possível de percevejos no seu colchão e os aspire. Use uma lanterna, pesquise em todos os cantos e repasse o aspirador em todos os lugares pelo menos duas vezes. Nunca use acessórios como escovas ou cerdas, pois percevejos podem se apegar neles. Aproveite para verificar outros móveis, inclusive a estrutura da cama e a cômoda. Aspire-as conforme encontrar algo e seja cuidadoso.   

Limpe todas as superfícies, infestadas ou não. Procure rodapés, rachaduras e buracos nas paredes. Raspe a superfície dos tapetes ou cortinas e aspire cuidadosamente para retirar os percevejos. Cubra seu colchão com um invólucro para criar uma barreira protetora nele. Assim, os percevejos não podem entrar ou sair. Pode ser desconcertante pensar que você ainda tem percevejos vivos e presos em seu colchão, mas eles morrerão de fome eventualmente. Após um ano, remova o invólucro e aspire novamente.

– Como remover ácaros: definitivamente, os ácaros são o menor dos seus problemas quando se trata de bichinhos rastejantes em sua cama, o que não quer dizer que você os queira por perto. Ácaros costumam permanecer no seu colchão, alimentando-se de pele humana morta em locais quentes e úmidos. Eles geralmente agravam alergias. Mas, você pode banir esses intrusos com limpeza e manutenção preventiva.

Lave seus lençóis e travesseiros toda semana em água quente para não dar aos ácaros nada para viver. A luz solar direta mata os ácaros. Por isso, se você pendurar lençóis e travesseiros do lado de fora da casa para secar, poderá matar qualquer ácaro que tenha sobrevivido na lavadora. Quanto aos travesseiros, mude para um novo a cada seis meses para se livrar dos ácaros que vivem dentro dele.

Remova os ácaros mortos e vivos do colchão com um aspirador. Como já foi dito anteriormente, uma capa de colchão não mantém os ácaros fora da roupa de cama, mas pode impedir que aprofundem no colchão, onde são mais difíceis de se livrar. Usando uma capa protetora de colchão, você só precisa ficar lavando regularmente os lençóis e travesseiros. 

Leia também: cuidados com o colchão para quem tem animais em casa 

– Como remover manchas: manchas são comuns em colchões. Suor, acidentes com líquidos e até comida podem acabar nele. Você deve cuidar disso o mais rápido possível. Logo, seque bem. Use uma toalha de papel ou outro pano limpo para remover o máximo de líquido possível. Você não quer que ele entre no colchão e deixe uma mancha ou incentive o surgimento de odor ou mofo. 

Pulverize as manchas com uma mistura 50/50 de água e detergente para pratos. Deixe descansar e depois esfregue bem. Repita a aplicação, sentado e esfregando algumas vezes para acabar com manchas que não saem facilmente. Certifique-se de não deixar seu colchão ficar muito molhado. Sendo assim, absorva sempre o excesso de umidade. Para combater odores, polvilhe bicarbonato de sódio em seu colchão. Deixe descansar e depois aspire. 

Remova os fluidos corporais com sabão em pó para roupa, pois ele é formulado para romper a urina, o sangue e outros fluidos corporais. Portanto, tente misturar um pouco dele com água para limpar o colchão. O peróxido de hidrogênio também funcionará. Não use água quente, pois irá definir as manchas. 

– Como remover odores: dormir em um colchão fedorento é simplesmente desagradável. Sem contar que os odores podem interferir em seu sono e conforto, além de levar a problemas maiores – como bactérias e o surgimento de fungos. Sendo assim, para começar, aspire seu colchão. Isso não irá remover todos os odores, mas é um ponto de partida para deixar as coisas limpas e prontas para esfregar. 

O bicarbonato de sódio é um ótimo eliminador de odores. Polvilhe-o diretamente sobre o colchão, deixe-o descansar e depois aspire para captar cheiros. Pulverize a área afetada com vinagre ou um agente eliminador de odores, depois enxugue e esfregue o local. Use vinagre com moderação, pois o cheiro do vinagre também pode ser desagradável para dormir. Seque-o ao ar livre. A luz solar direta contribui para retirar os odores. 

Leia também: qual a vida útil de um colchão? 

Seja qual for o seu caso, certifique-se de entender o que a garantia do seu colchão diz sobre manchas e limpeza geral. Siga as sugestões que a empresa oferece para mantê-los limpos.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *