Imagem de uma mulher embaixo de uma coberta, com uma xícara de chá nas mãos, pronta para dormir no frio.
Durma melhor,  Saúde

Dormir no frio: como ter um bom sono no outono/inverno?

Se dormir no calor tem lá suas complicações, dormir no frio do inverno ou até mesmo durante o outono, períodos em que as temperaturas costumam oscilar e até mesmo negativar, também não é fácil. Por isso, neste texto você encontra dicas que farão com que as suas noites durante essas duas estações sejam mais tranquilas.

Siga com a leitura para conferir cada uma delas, mas antes descubra se aquela história de que as temperaturas frias realmente causam mais sono é verdade ou não — uma dúvida bem comum!

Frio dá sono: verdade ou mito?

Quando está frio, levantar da cama para cumprir com as obrigações da rotina, às vezes, costuma ser mais complicado. Aparentemente, é como se a vontade de seguir dormindo fosse ainda maior por causa do clima.

Se você já teve essa sensação e se questionou se realmente há relação entre frio e sono, saiba que isso ocorre não por conta da baixa temperatura, mas graças à relação da luz do sol com a produção de melatonina.

Conhecida também como hormônio do sono, a melatonina é responsável por controlar os ciclos do sono de animais e seres humanos, estando presente também nas plantas. 

Essa regularidade se dá por meio da influência da luz solar, que comunica ao corpo quando é hora de dormir e quando é hora de acordar.

Imagem de uma mulher dormindo. Na imagem, há o desenho da fórmula da melatonina, conhecida como hormônio do sono.
A melatonina também é conhecida como hormônio do sono.

No caso do inverno, o sol está mais baixo no céu, os raios incidem em um ângulo mais agudo e se dispersam de forma que a Terra acaba por receber menos calor e, consequentemente, luminosidade diferente de estações como o verão — o que desregula a produção de melatonina e nos torna mais sonolentos.

Não por acaso, a exposição à luz solar durante alguns minutos do dia é extremamente recomendada por médicos. Falaremos mais no tópico a seguir, sobre dicas para dormir no frio.

Dicas para dormir no frio

Levantar-se da cama no inverno pode ser uma tarefa árdua, e conseguir dormir também — ainda mais com muitas blusas e cobertores. Contudo, existem alguns hábitos que podem facilitar esse processo, veja só!

Inclua exercícios físicos na sua rotina

Por conta do friozinho, é muito comum desistir de movimentar o corpo para ficar em casa, aproveitando as cobertas, assistindo a filmes e séries… Porém, a rotina de exercícios físicos é importante para a manutenção de uma boa noite de sono e não deve ser dispensada no inverno.

Um fator que pode ser motivacional é que, por precisar de mais energia para manter a temperatura corporal em nível saudável, nós gastamos mais calorias quando fazemos atividades no frio.

O segredo é se agasalhar corretamente e encontrar uma prática que seja de seu agrado, como caminhar, correr ou pedalar. Melhor ainda se puder realizá-la à luz do dia, o que vai fortalecer a produção de melatonina.

Imagem de um homem caminhando. Um cachorro está com ele.
Mesmo nos dias frios, não deixe as atividades físicas de lado.

Planeje sua alimentação

Se nós gastamos mais calorias no inverno, consequentemente, sentimos mais fome. Então, planejar uma alimentação equilibrada durante o período é fundamental para não correr o risco de ver os números na balança aumentando, se não é o que você deseja.

Na hora de dormir, evite a ingestão de produtos que podem ocasionar azia, dores abdominais e gases. 

Já se você pretende afastar a sonolência que o inverno pode causar durante o dia, prefira alimentos leves e controle o consumo dos açucarados, gordurosos e ricos em carboidratos, como macarrão, arroz e sobremesas.

Ah, não se esqueça também de beber água durante o período e manter seu corpo hidratado.

Busque por ambientes iluminados

Além de praticar exercícios sob a luz do sol, a busca por ambientes iluminados em outros momentos da sua rotina é mais uma dica fundamental para ter um sono de inverno tranquilo.

Se você trabalha home office, por exemplo, assim que for iniciar o expediente ou até mesmo depois de acordar, comece abrindo as janelas de casa ou do apartamento, permitindo que a claridade invada cada cômodo, tornando-o mais arejado — especialmente aquele em que você passará grande parte do seu dia.

Ao fazer isso, além de garantir uma boa noite de descanso, o seu dia será mais produtivo.

Controle as sonecas ao longo do dia

Um cochilo no horário de almoço não faz mal a ninguém. Pelo contrário, ele pode ser responsável por garantir que o seu segundo tempo seja ainda mais focado, provocando efeitos positivos até mesmo na sua memória.

Mas vale atentar-se para o tempo de descanso e evitar, se possível, outros cochilos paralelos ao decorrer do dia. Isso fará com que, ao cair da noite, a insônia não bata à porta!

Imagem de uma mulher tirando uma soneca no sofá.
Atente-se ao período das sonecas durante o dia.

Evite aquecer demais o corpo e o quarto

Por fim, uma dica que pode, em um primeiro momento, não fazer tanto sentido, é evitar aquecer demais o seu corpo, assim como o ambiente no qual você vai dormir. Mas calma que a gente explica a razão!

Quando vamos dormir, para facilitar o sono, a temperatura corporal diminui. Se você tem o costume de dormir com aquecedor ligado, além de muitos cobertores, roupas de frio, etc, você vai acabar exigindo muito mais do seu corpo, o que vai interferir diretamente na sua noite de sono.

Não deixe práticas comuns de lado

Algumas práticas já são popularmente conhecidas e também não devem ser esquecidas no inverno se já fizerem parte da sua rotina. 

Uma delas é usar meias para dormir, a fim de esquentar os pés. O mesmo vale para as mãos, utilizando luvas.

Outra tática que pode ajudar também é forrar o seu colchão com roupas de cama quentinhas. Assim, na hora de deitar, a cama já estará aquecida, aguardando você. 

E para aquecer o corpo, uma boa xícara de chá antes de dormir também cai muito bem! Não se esqueça ainda de deixar todas as frestas da sua casa fechadas, assim como as do quarto, impossibilitando a entrada do vento frio.

Essas são algumas dicas que, possivelmente, vão te ajudar a ter noites de sono mais tranquilas durante o outono e o inverno. É só ficar de olho na previsão do tempo na sua cidade, na mudança das estações e começar a incluir cada uma delas na sua rotina.

Elas não vão colaborar apenas com o seu descanso, mas também com a sua saúde durante esse período, protegendo-a de possíveis indisposições.

Quer receber nossas dicas sobre sono diretamente no seu e-mail? Aproveite para assinar a newsletter da Probel preenchendo o formulário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *