Dicas

Como escolher o colchão ideal para o seu sono

Especialistas concordam que dormir bem é uma das melhores maneiras de preservar e melhorar a nossa saúde. Logo, ter o colchão ideal é um fator significativo na qualidade do nosso descanso. Tanto que é importante que você reserve um tempo para entender qual colchão funcionará melhor para você. A seguir, um passo a passo com tudo o que você precisa saber antes de escolher o colchão dos seus sonhos.

PASSO 1: VOCÊ PRECISA DE UM NOVO COLCHÃO? | Diversos indicadores podem ajudar você na missão inicial de identificar se o seu atual colchão requer (ou não) uma substituição. Entre eles, constam questões como o desconforto na cama enquanto dorme; acordar com dores nas costas, dor no pescoço e rigidez; aumento notável nos sintomas de alergia; e o desgaste da superfície do produto (sinais de flacidez, protuberâncias, inchaços, furos e/ou rasgos).

Leia também: Qual a vida útil de um colchão?

PASSO 2: ESCOLHA O TAMANHO IDEAL | Não basta apenas escolher o colchão que se adequa às necessidades do dia a dia, é preciso levar em conta se ele irá se ajustar no cômodo escolhido, favorecendo o ambiente e a sua utilização. Confira as características de cada opção:

Solteiro padrão | Dimensões de 0.78×1.88m ou 0.88×1.88m, indicado para pessoas que dormem sozinhas e que não tenha tanto espaço disponível no ambiente para camas e colchões maiores.

Solteiro extra | Dimensões de 1.00×2.00m, também voltado para quem dorme sozinho, mas que pode investir em um colchão que demanda mais espaço do ambiente.

Casal padrão | Dimensões de 1.38×1.98m, adequado para casais que dividem o mesmo quarto e não estejam procurando tanto espaço de sobra na hora de seu descanso.

Queen size | Dimensões de 1.58×1.98m, utilizado para casais que optam por espaço um pouco maior que o casal padrão.

King size | Dimensões de 1.93×2.03m, o colchão com maior espaço dentro dos padrões do mercado, é adequado para quartos com grandes proporções e para quem goste de bastante conforto e liberdade no repouso, estando sozinho ou acompanhado.

PASSO 3: DETERMINE SEU TIPO DE MATERIAL FAVORITO – Ok, é aqui que muitos preferem seguir suas preferências pessoais do que qualquer outra coisa. Confira abaixo algumas opções antes de dizer “sim” para seu novo colchão.

– LÁTEX – Perfeitamente ecológico, tem um alto nível de conforto, é um produto hipoalergênico, sem a presença de produtos tóxicos para o corpo humano e antialérgico, evita a proliferação de ácaros e bactérias em seu colchão. Amigo da natureza, os colchões produzidos com o látex são mais duráveis, saudáveis e confortáveis, oferecendo um suporte progressivo: quanto mais pressão o corpo realiza, mais consistente é o apoio entregue pelo colchão. Cooperando na circulação sanguínea e melhorando o descanso durante o sono. Infelizmente é um material de valor agregado alto e não está acessível a todos. Indicado para todos os biotipos.

– ESPUMA – Os colchões de espuma têm vários modelos, por isso é importante que você entenda que tipo está comprando. Para esse tipo de colchão, cada densidade é indicada para um biotipo. Na maioria das vezes a indicação de colchões de espuma é feita para pessoas que dormem sozinhas ou para parceiros que possuem um biotipo próximo, ou seja, peso e altura bem parecidos, pois a densidade não é variável e caso essa diferença seja grande, um dos parceiros será prejudicado e não terá um bom descanso no dia seguinte.

– VISCOELÁSTICO – Conhecido também como colchão de espuma de memória ou espuma da Nasa. Apresenta grande propriedade de resiliência, conseguindo assim retornar naturalmente à sua forma e volume iniciais depois de aplicada alguma pressão em sua superfície. Devido à sua elasticidade exclusiva, se adapta perfeitamente de acordo com o peso colocado.

Por ser um material inteligente, alcança um apoio ideal para coluna e pescoço, eliminando ponto de pressão que poderiam interferir na qualidade de seu sono e, após o uso, retorna a sua forma inicial quase que instantaneamente. Podendo ter ou não ter cristais de gel termorreguladores, agem na correção da temperatura de seu colchão, mantendo a temperatura do colchão estável. Por manter o corpo totalmente estável e não promover o suporte progressivo ou a ação massageadora, faz com que a corrente sanguínea não seja muito bem aproveitada. Indicado para qualquer biotipo.

– COLCHÃO DE MOLAS INTERNAS – A maioria dos colchões com molas internas são construídos com camadas de conforto à base de espuma e bobinas de aço. Duram de 5 a 10 anos.

– COLCHÃO HÍBRIDO – Esse tipo de colchão é fabricado com um núcleo de suporte de bobina de bolso (como o de um sistema interno) e uma camada de conforto (como a de espuma de memória ou látex). Tem uma vida útil curta e tende a se degradar mais rapidamente em comparação com outros colchões, pois são vulneráveis ao relaxamento natural e impressões corporais. 

PASSO 4: AVALIE SUA POSIÇÃO DE DORMIR E NÍVEL DE FIRMEZA IDEAL | Todo mundo tem uma posição de dormir favorita. Não importa se você costuma descansar deitado de lado, de bruços ou de costas, nem que vire bastante, terá que considerar essa questão na hora de escolher seu colchão ideal. Então, reserve um momento para pensar no assunto, pois isso ajudará a determinar a firmeza ideal da sua nova cama.

Dormir de costas: o fator mais importante para quem dorme de costas é a firmeza e o apoio. Se o seu colchão for muito macio, seu corpo afundará e causará dores nas costas. Você precisará de um que seja macio o suficiente para fornecer alívio de pressão, mas que ofereça suporte suficiente. Em uma escala de 1 a 10, o intervalo perfeito seria 5-7.

É praticamente consenso que os colchões de espuma de memória proporcionam o mais alto nível de conforto para as pessoas que dormem de costas. Isso ocorre porque fornece contorno adequado à coluna, mantendo uma longevidade de suporte e estrutura adequados.

Dormir de lado: muitas pessoas que dormem de lado por vezes sofrem desconforto e dores nas articulações, ombro e quadril. Geralmente, isso ocorre devido a roupas de cama inadequadas. É recomendável que você escolha um colchão um pouco mais suave do que para quem dorme de costas – uma opção que forneça distribuição igual de pressão enquanto você dorme ao seu lado. Idealmente, você deseja escolher um colchão com um nível de firmeza de 3-6 (escala até 10), que se enquadre em um material macio.

Dormir de bruços: essa posição é considerada a pior para dormir. O mais importante para quem dorme assim é fornecer uma distribuição igual de peso em todo o corpo, pois o seu tronco aplicará mais pressão. Se o colchão for muito macio (não há suporte suficiente), sua coluna se curvará, o que causará dores nas costas. Você deve procurar algo na faixa de 5 a 7 (escala até 10).

PASSO 5: CONSIDERE SEU PESO COMO UM FATOR | A princípio, você deve estar se perguntando: o que o peso tem a ver com a escolha de um colchão? Quando a procura é por um colchão de espuma, vale relembrar que cada densidade é indicada para um biotipo. Segue abaixo um resumo de como deve ser feita esta escolha:

D18: ideal para recém-nascidos e crianças até 3 anos;

D23: pessoas de até 60 kg;

D28: pessoas de até 80 kg;

D33: pessoas de até 100 kg;

D45: pessoas de até 150 kg.

Vale lembrar que esta é a indicação feita pelo INMETRO e que não há problema em escolher uma densidade um pouco maior do que aquela indicada para o seu perfil. O contrário, entretanto, nunca é indicado.

Quando se trata de colchões de mola, existem tecnologias que fazem com que essa diferença de biotipo seja corrigida, como é o caso do molejo Bonnell (Prolastic), as molas que formam esse molejo tem desenho bicônico, isso faz com que sua resistência seja progressiva, ou seja, quanto maior a pressão exercida sobre o colchão maior será o retorno. Corrigindo a questão de biotipos diferentes, por isso a indicação e procura de colchões de molas para casais é cada dia maior.

Além das tecnologias que cada tipo de molejo pode fornecer aos usuários, na maioria dos colchões de mola também é inserido camadas de espumas para gerar um conforto especial e atender a todos os gostos.

E aí, pronto para escolher o colchão ideal para o seu sono?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *