Imagem de uma mulher com uma touca na cabeça, segurando uma caneca de chá para tomar a noite.
Durma melhor,  Saúde

Saiba quais são os melhores chás para tomar à noite!

A hora de dormir é o momento em que o corpo pede por descanso e tranquilidade. Por isso, neste texto você vai conhecer quais são os melhores chás para tomar à noite e que não interferem em uma boa qualidade de sono.

Tomar chá à noite faz mal? A resposta é: depende! As muitas infusões existentes possuem as mais diversificadas propriedades. Elas acabam por interferir de formas diferentes no nosso organismo, podendo provocar reações que nos deixem, por exemplo, mais agitados ou mais calmos.

Listamos algumas opções dessa bebida milenar abaixo. Mas antes que tal conhecer um pouco mais sobre a história dela? É só seguir com a leitura!

História do chá

Como já foi comentado, o chá é uma bebida milenar. Historicamente, sua utilização começou como erva medicinal. Ao passo que o uso da infusão enquanto bebida social, como fazemos hoje, data da época da dinastia Tang — monarquia absoluta que durou de 618-907 E.C. 

Na Europa, os primeiros a entrarem em contato com o líquido comumente preparado por meio da infusão de folhas, flores, raízes de plantas e, quase sempre, água quente, foram os portugueses quando chegaram ao Japão em meados de 1540.

Não demorou muito para que o continente europeu começasse a importar as folhas, colaborando com a popularidade da bebida que, acredite se quiser, era especialmente consumida pelas mulheres de classe alta na França e nos Países Baixos. Os homens aprenderam a gostar da bebida um pouco mais tarde.

Jardim de chá verde em Assam, na Índia, cultivado nas terras baixas e no Vale do Rio Brahmaputra.
Jardim de chá verde em Assam, na Índia, cultivado nas terras baixas e no Vale do Rio Brahmaputra.

Consumido em cafés, foi durante o final do século 17 que ele passou a ser apreciado em qualquer horário. Esse costume durou até o começo do século 19, quando surgiu a tradição do famoso chá da tarde (“five o’clock tea”), instituída pela sétima Duquesa de Bedford em Londres.

No Brasil, o cultivo teve início no século 19. Atualmente, a parte mais expressiva da produção brasileira de chás está situada na região do Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo.

Tipos de chá que existem

É importante entender que, mesmo que haja grande variedade de misturas, o chá tende a ser classificado em quatro grupos principais que se distinguem graças à forma com que os ingredientes são processados. São eles:

  • Chá branco: produzido a partir de folhas jovens (novos botões que cresceram) e que não sofreram efeitos de oxidação que escurece as folhas a partir da quebra da clorofila
  • Chá verde: a oxidação é interrompida pela aplicação de calor. Esse processo pode acontecer por meio de vapor, método tradicional japonês, ou em bandejas quentes, método tradicional chinês
  • Chá preto: a oxidação é substancial e mais intensa, sendo que as folhas são expostas a um ar úmido e bem oxigenado
  • Oolong: a oxidação é interrompida em algum momento entre o chá verde e o chá preto

Chás para tomar à noite

Agora que você já conhece um pouco sobre a história do chá, abaixo listamos algumas ervas que podem ser infusionadas e consumidas antes de dormir.

Chá de erva-de-são-joão

Com o nome científico de Hypericum perforatum, a erva-de-são-joão pode ser encontrada também por hipericão ou hipérico, sendo muito utilizada no combate à depressão e aos sintomas relacionados à ansiedade e tensão muscular.

Ela é rica em substâncias como a hipericina e a hiperforina, responsáveis por atuar no nosso sistema nervoso central, provocando sensação de relaxamento da mente e até restaurando o funcionamento normal do cérebro.

Além disso, sua ação antioxidante é capaz de eliminar radicais livres e prevenir o envelhecimento precoce das células, diminuindo o risco de câncer.

O chá de erva-de-são-joão.
O chá de erva-de-são-joão pode ser consumido antes de dormir.

Chá de erva-doce

Extremamente famoso, o chá de erva-doce também pode ser seu companheiro antes de pegar no sono. O nome científico é Pimpinella anisum, sendo popular por “acalmar os ânimos”.

A erva-doce é fonte de vitamina A, B, C, ácido fólico, ferro, cobre, cálcio, selênio, magnésio, manganês, zinco, niacina e tiamina — substâncias que fortalecem a resistência do nosso organismo e possuem ação antioxidante.

Por conta do efeito tranquilizador que possui, é excelente para aliviar cólicas intestinais. E, graças aos efeitos diuréticos, colabora na diminuição do inchaço, ajudando na desintoxicação.

A erva-doce.
A erva-doce é rica em substâncias que fortalecem a resistência do organismo e são antioxidantes.

Chá de folha de maracujá

Com certeza você já ouviu falar que chá de maracujá acalma. Mas uma opção um pouco mais diferenciada — e que deve começar a fazer parte das suas noites — é a infusão da folha de maracujá.

Essa planta de clima tropical cuja origem, possivelmente, é brasileira, conta com muitos benefícios. Rica em fibras, vitaminas A e C, flavonoides e minerais, como  potássio e magnésio, ela controla os níveis de glicose no sangue e previne problemas crônicos, como envelhecimento precoce, colesterol alto e hipertensão. 

O chá da folha é recomendado para quem tem problemas com ansiedade, estresse ou insônia, já que também contém propriedades calmantes por conta dos alcaloides e flavonoides — eles atuam como tranquilizantes, analgésicos e relaxantes musculares.

Menos usual que outras bebidas, o chá de folha de maracujá.
Menos usual que outras bebidas, o chá de folha de maracujá pode colaborar com um bom sono.

Chá de hortelã

Se ingerido após o jantar, esse é o chá digestivo para tomar à noite mais recomendado.

Com um frescor e aroma bem característico, o chá de hortelã é extremamente prático e terapêutico, um bom aliado para quem busca uma vida mais saudável e noites mais tranquilas.

Essa erva é rica em antioxidantes capazes de proteger e reparar as células dos danos causados por radicais livres. No sono, ele é capaz de proporcionar calmaria — aqui, vale até mesmo combiná-lo com outras plantas, como a camomila ou a lavanda. 

Portanto, fique tranquilo, se você tinha essa dúvida, chá de hortelã pode tomar à noite, sim!

Chá de hortelã.
Vale combinar o chá de hortelã com outras ervas, como a camomila.

Chá de lavanda

A partir da infusão dos botões roxos da planta Lavandula angustifolia, o chá de lavanda é capaz de dar um up no humor, melhorar a saúde da pele, aliviar cólicas menstruais e, é claro, promover o sono!

Para quem sofre de insônia ou até mesmo tem problemas como flatulência, infecções intestinais e problemas de estômago, é a opção perfeita.

E se você sentir aquela famigerada dor de cabeça antes de dormir ou estiver em um dia estressante, aposte nele também. Essa bebida vai te acalmar e reduzir o nervosismo. 

Outra vantagem é para quem sofre de problemas respiratórios, já que o chá de lavanda conta com propriedades broncodilatadoras. Em períodos de resfriados, crises de bronquite e asma, por exemplo, consuma-o.

O chá de lavanda.
O chá de lavanda é recomendado para aliviar os dias estressantes.

Chá de melissa

Nossa última dica de chá para tomar à noite pode ser encontrada por melissa, mas também por erva-cidreira. Ela é pertencente à mesma família da hortelã, da menta e do boldo.

Em seus compostos, é possível encontrar ácido rosmarínico, taninos, eugenol, flavonoides, compostos polifenólicos, cobre, zinco e diversas vitaminas. 

No dia a dia, essas substâncias atuam na construção de uma rotina saudável e agem diretamente no cérebro, podendo desintoxicar o corpo, fortalecer o sistema imunológico, diminuir a ansiedade e aliviar dores de cabeça e sintomas da menstruação.

Contudo, o que vale aqui é que ela também trata de disfunções do sono, já que alivia o estresse e proporciona mais tranquilidade.

A melissa também pode ser encontrada pelo nome de erva-cidreira.
A melissa também pode ser encontrada pelo nome de erva-cidreira.

Viva os benefícios de tomar chá à noite!

Agora não tem mais desculpa sobre não saber qual chá tomar antes de dormir! É só escolher uma das sugestões acima, preparar a infusão e consumir de 30 a 60 minutos antes de ir para a cama.

É bom tomar chá antes de dormir, mas lembre-se também que, além da bebida, deixar de lado os dispositivos que emitem luz azul, como televisores, computadores e celulares, é extremamente importante, já que eles podem atrapalhar os efeitos tranquilizadores das propriedades das ervas. Assim como evitar o consumo de cafeína.

O mesmo vale para qualquer outra distração que possa interferir no seu momento de descanso.

Se você gostou deste conteúdo e quer receber mais dicas diretamente na caixa de entrada do seu e-mail com sugestões de como melhorar a qualidade do seu sono, preencha o formulário abaixo. Esperamos por você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *